Com crise cambial, Argentina sobe juros de 45% para 60% ao ano

bleu ciel vent drapeau

O Banco Central da Argentina anunciou nesta quinta-feira, 30, a elevação da taxa básica de juros de 45% para 60% ao ano, argumentando que a decisão, unânime, foi tomada “em resposta à conjuntura cambial atual e ante o risco de que implique um maior impacto sobre a inflação doméstica”.

Além disso, o BC afirmou que, para garantir que as condições monetárias permaneçam com viés de contração, os dirigentes se comprometem a não reduzir a taxa básica de juros até pelo menos o mês de dezembro.

O BC argentino decidiu também elevar em 5 pontos o compulsório bancário para todos os compulsórios em pesos, nas entidades financeiras do chamado “Grupo A”, as principais, a partir de 1º de setembro.

A intenção, nesse caso, é acentuar o controle da liquidez no mercado cambial, o que é fundamental para reforçar o compromisso de combate à inflação, disse o BC. A elevação do compulsório não afeta os depósitos em moeda estrangeira, ressalta a instituição.

fonte: Estadão

Acesse nosso sit: GME Câmbio

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close